Veículos Elétricos: Número de carregadores públicos e semipúblicos em São Paulo cresce para 445

Em 2022, o Brasil alcançou a marca de 100 mil veículos elétricos vendidos; e para os próximos anos, as expectativas são ainda melhores

O número de automóveis elétricos em circulação no Brasil está crescendo e, ao mesmo tempo, o número de postos. Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), o país emplacou um total de 4.073 veículos leves eletrificados em junho, totalizando 20.427 nos últimos seis meses do ano. Dentre os destaques, estão o crescimento do número de veículos totalmente elétricos, que somaram um total de 3.395 no período, um aumento de 19% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Com o aumento de carros eletrificados, também vem o crescimento do número de postos de carregamento públicos e semipúblicos no país. A cidade de São Paulo, segundo os mais recentes dados da Elev, empresa que traz soluções para o ecossistema de carros elétricos, registrou um aumento de 11,25% entre Junho e Agosto, totalizando 445 carregadores espalhados pela cidade. Para o diretor da empresa, Ricardo David, ainda é necessário mais investimento estrutural para a demanda crescente deste tipo de automóveis.

“Tivemos um crescimento importante no número de postos na principal capital do país, a cidade de São Paulo. Ao mesmo tempo, o número ainda é baixo quando consideramos outras capitais do mundo, como é o caso de Oslo, na Noruega, onde os postos de gasolina estão se convertendo em eletropostos. Ainda são necessários mais investimentos no setor no Brasil”, defendeu Ricardo.

Os postos públicos e semipúblicos são apenas uma amostragem da quantidade de carregadores elétricos instalados no Brasil. Condomínios em todo o território nacional já vem investindo no segmento e, ao mesmo tempo, proprietários de carros elétricos e híbridos encontram na instalação de carregadores rápidos em suas casas, uma solução para os preços altos dos combustíveis fósseis.

“Por mais que tenhamos uma diminuição no valor dos combustíveis no último mês, essa diminuição não torna a gasolina e o diesel como algo que traz um custo benefício a longo prazo. Deste modo, cada vez mais pessoas vão migrar para os veículos híbridos e elétricos, 

Segundo a ABVE, o país atingiu em julho a marca dos 100 mil veículos eletrificados. Porém, a barreira de entrada, o valor dos eletrificados, ainda esconde os benefícios a longo prazo destes modelos.

Brasil alcançou a marca de 100 mil veículos elétricos vendidos
Brasil alcançou a marca de 100 mil veículos elétricos vendidos

Veículos Elétricos: mobilidade eficaz e sustentável

A cada dia que passa, fica mais evidente que os veículos elétricos são a solução para uma mobilidade mais eficaz e sustentável. Pesquisa realizada pela McKinsey & Company,indica que os brasileiros manifestaram maior interesse por carros elétricos, micromobilidade e tecnologia em comparação a consumidores de outros países. Esse é um bom sinal para a eletromobilidade no Brasil, já que um dos fatores que influencia diretamente no crescimento de uma tendência é a aceitação por parte dos consumidores.

No dia 26 de julho, segundo o acompanhamento diário de emplacamentos feito pela ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), a frota circulante de veículos elétricos no Brasil chegou a 100.292 veículos leves. Esses números incluem os veículos elétricos híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e os elétricos a bateria (BEV); automóveis, comerciais leves, SUVs e utilitários. Nos primeiros sete meses de 2022, foram 23.033 unidades comercializadas, um crescimento de 31% em comparação ao mesmo período em 2021. Por mais que o Brasil ainda esteja longe de seu melhor momento, o mercado brasileiro de elétricos ainda é um dos maiores do mundo – e os resultados mostram que um futuro ainda mais promissor nos espera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios