Segurança de Processos Químicos : Coluna ABEQ

Em 1985, as associações de indústrias químicas de vários países criaram um protocolo para si mesmas, o Responsible Care, ou Atuação Responsável. No Brasil a Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química) é signatária do Atuação Responsável. Ele está baseado em seis princípios: (1) Uma cultura de liderança corporativa que proativamente apoia o gerenciamento seguro de produtos químicos por meio da iniciativa global de Atuação Responsável; (2) Proteger as pessoas e o meio ambiente, melhorando continuamente nosso desempenho ambiental, de saúde e segurança; a segurança de nossas instalações, processos e tecnologias; e impulsionando a melhoria contínua da segurança e administração de produtos químicos em toda a cadeia de suprimentos; (3) Fortalecer os sistemas de gerenciamento de produtos químicos participando do desenvolvimento e implementação de legislação e boas práticas de segurança química orientada para o ciclo de vida, ciência e risco; (4) Influenciar os parceiros de negócios a promover o gerenciamento seguro de produtos químicos em suas próprias operações; (5) Influenciar os parceiros de negócios e promover o gerenciamento seguro de produtos químicos em suas operações; (6) Contribuir para a sustentabilidade por meio de desempenho aprimorado, ampliação de oportunidades econômicas e desenvolvimento de tecnologias inovadoras e outras soluções para os desafios da sociedade.

Por último, mas não menos importante, as Boas Práticas de Fabricação (GMP, do inglês Good Manufacturing Practices). Boas Práticas de Fabricação (GMP) são as práticas necessárias para estar em conformidade com as diretrizes recomendadas pelas agências que controlam a autorização e o licenciamento da fabricação e venda de alimentos e bebidas, cosméticos, produtos farmacêuticos, suplementos alimentares, e dispositivos médicos. Essas diretrizes fornecem requisitos mínimos que um fabricante deve atender para garantir que seus produtos sejam consistentemente de alta qualidade, de lote para lote, para o uso pretendido. As regras que governam cada setor podem diferir significativamente. No entanto, o principal objetivo do GMP é sempre impedir que ocorram danos ao usuário final.

E aqui retornamos ao caso da cerveja Belorizontina. A Backer, empresa fabricante, alegou que utilizava monoetileno glicol (MEG) em seus sistemas de resfriamento, e aparentemente apresentou indícios de sabotagem na estocagem desta substância. Contudo, considerando estritamente o GMP, tanto monoetileno glicol (MEG) quanto dietileno glicol (DEG), ambas substâncias comumente utilizadas pela indústria como fluidos de resfriamento em sistemas de trocadores de calor industriais, não deveriam adentrar plantas de fabricação de alimentos. O propileno glicol, substância semelhante, é um aditivo alimentar – muito menos tóxico – e poderia ser utilizado. Em sistemas de baixas temperatura, como os utilizados pela Backer, poderiam ser utilizados salmoura (solução de NaCl em água) ou soluções de etanol-água. Quanto à possibilidade de sabotagem por algum operador, esta possibilidade deveria ser considerada e mitigada, se fossem considerados os 20 elementos de CPS.


As tecnologias de segurança necessárias para que os elementos de gerenciamento fossem amparados seriam:

• Riscos de reatividade química
• Prevenção de colisões
• Controle de energia perigosa (lock-out / tag-out)
• Projeto inerentemente mais seguro
• Gerenciamento de interface
• Gerenciamento da segurança de processos em parques químicos
• Currículo de segurança de processos
• Isolamento remoto e desligamento
• Análise de vulnerabilidade de segurança


 

Química e Derivados -

Associe-se a ABEQ:
www.abeq.org.br/proposta-de-associacao-para-pessoa-fisica/
Participe do COBEQ 2020: cobeq.org.br/
Siga-nos em nossas redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/ABEQ.BR/
e Linkedin: www.linkedin.com/company/abeq-associacao-brasileira-de-engenharia-quimica/

Texto: André Bernardo

Página anterior 1 2 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios