Produção offshore une esforços de pesquisa da cadeia do petróleo

Discreto em relação ao assédio que sofre por parte de companhias internacionais, Fares observa que a empresa está aberta a atuar em parcerias ou associada a outras empresas no exterior, para ampliar ainda mais seus negócios, assim como no Brasil. “Temos feito parcerias em vários setores e serviços. A nossa intenção é ampliar essas parcerias, dentro da nossa da estratégia de crescimento.”

“Diversas empresas estrangeiras nos procuraram para discutir oportunidades de parceria para trabalhos no Brasil e no exterior (Américas, Oriente Médio, Extremo Oriente). Temos grandes expectativas de que alguns desses contatos possam gerar negócios a curto e médio prazo”, complementou Antonio Prates, vice-presidente de consultoria técnica, nova área de negócios da Forship.

Segundo Prates, a OTC proporcionou uma excelente oportunidade de estabelecer contatos com empresas nacionais e estrangeiras (operadoras, EPCistas, estaleiros, prestadores de serviço) e conversar sobre oportunidades de trabalho conjunto. “Além dos serviços tradicionais da Forship Engenharia (comissionamento, operação e manutenção), pudemos apresentar o portfólio consolidado de consultoria, que abrange suporte regulatório, análise e acompanhamento de empreendimentos, entre outros.”

Reforçando esta estratégia, o grupo também levou para a OTC a empresa HMSWeb TI, que tem como principal produto um software especializado na gestão do processo de comissionamento, além de serviços de consultoria, como a integração de sistemas de informação e o desenvolvimento de soluções rápidas.

Luciano Gaete, CEO do braço de TI do grupo, identificou oportunidades interessantes de parceria para a Forship e a HMSWeb, especialmente em projetos no Brasil, Oriente Médio, Ásia e África. “Algumas empresas estrangeiras buscam atender às exigências de conteúdo local e/ou precisam de suporte para as suas operações, outras gostariam de iniciar ou aumentar seus negócios no Brasil, buscando parceiros que possam potencializar as competências de ambas as empresas e, consequentemente, oferecer um conjunto diferenciado de serviços, e com maior valor agregado”, frisou o executivo.

Petróleo & Energia, Marques: planos para reforçar atuação internacional
Marques: planos para reforçar atuação internacional

Engenharia a postos – Com apenas três anos de mercado, a empresa de engenharia brasileira Sandech entrou pela primeira vez como expositora na OTC, da qual participa como visitante desde 2010, ano da sua fundação. “Nesse período, consolidamos o crescimento da empresa, enquanto avaliávamos o retorno que uma participação como expositora poderia nos trazer”, disse o diretor comercial Gustavo Salvato. “Este ano, concluímos que a Sandech atingiu um nível de amadurecimento adequado para obter o maior retorno possível.”

“Como somos uma empresa relativamente jovem, num mercado no qual a experiência e a tradição são muito importantes, cada passo é planejado cuidadosamente. Na OTC, temos a missão de buscar parcerias que nos permitam a transferência de tecnologia e potencializem o crescimento e a importância do Brasil na área de exploração de petróleo”, complementou Salvato.

“Eventos desse tipo servem para aumentar a visibilidade da empresa no mercado internacional, no qual já acumulamos bons projetos e clientes leais, também com o objetivo de novos negócios e parcerias”, agregou o diretor financeiro, Antonio Marques.

A OTC é também uma oportunidade para a empresa aferir o que há de mais novo em tecnologias utilizadas no setor, além de prospectar parcerias. “Atualmente, procuramos parceria na área de Engenharia Básica”, sinalizou Salvato.

A Liderroll é outra brasileira de engenharia que não falta à OTC. Mas vai como observadora e visitante, sem estande, há sete anos, apoiada pelo seu escritório em Houston. No primeiro dia da feira da OTC, a Liderroll assinou um novo contrato com a Daslik, empresa holandesa que vai representá-la na Europa.

Página anterior 1 2 3 4 5Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios