PetroRio voltará a perfurar no campo de Polvo

A PetroRio anunciou em 21 de fevereiro uma nova campanha de perfuração no Campo de Polvo, com início entre o segundo e terceiro trimestre deste ano. A companhia já mapeou 22 reservatórios com potencial petrolífero, dos quais até quatro foram escolhidos para perfuração neste ano. O custo estimado para esta campanha pode chegar a US$ 60 milhões, a depender dos resultados. Os demais poços ficarão para campanhas futuras.

“Acreditamos na possibilidade de estender a vida útil de Polvo para 2030 e reduzir ainda mais o custo por barril, caso o resultado seja semelhante ao do ano passado”, comentou Nelson Queiroz Tanure, CEO da PetroRio.

A duração de cada uma das perfurações será de dois meses, incluindo todo o processo até o início da produção de cada poço. A iniciativa faz parte do Plano de Revitalização do Campo de Polvo, que prevê aumentar o fator de recuperação do ativo e estender sua vida útil.

Financiamentos 

A PetroRio assinou contrato com o banco chinês ICBC para captar US$ 60 milhões, com prazo de quatro anos, com possibilidade de obter uma parcela adicional de US$ 60 milhões. A companhia também assinou contrato com a Finep para uma linha de R$ 90 milhões, com prazo de dez anos, para a revitalização de Polvo. O objetivo é desenvolver tecnologias que contribuam para o aumento de produtividade por poço, para o fator de recuperação e para a extensão da vida econômica do ativo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios