Pandemia não abala plano de expansão da Apema

Petróleo & Energia - Pandemia não abala plano de expansão da Apema - ©QD Foto: Divulgação

A APEMA, especializada em equipamentos de troca térmica, projetando e produzindo os mais diversos tipos de trocadores de calor, foi fundada em 1964 e vem crescendo desde então.

Dando continuidade ao seu projeto de expansão, já no auge da pandemia, a Apema expandiu seu parque fabril no final de 2020.

A ação integra o projeto de crescimento da empresa que, além da duplicação do parque fabril, tem investido em equipamentos, profissionais e processos produtivos, visando melhorar continuamente seus produtos, ampliar sua participação no mercado interno e fortalecer sua presença no mercado externo.

A Apema atende vários mercados como Energia, Petróleo e Gás, Química e Petroquímica, Papel e Celulose, Alimentos e Bebidas, Refrigeração Industrial, Siderurgia e Mineração entre outros.

Além dos equipamentos industriais de linha, a ampliação permite que a Apema fique melhor estruturada para fabricar equipamentos de grande porte e projetos especiais, tais como reatores, vasos de pressão, colunas de destilação e sistemas de vácuo e ejetores.

Na palavra da Diretoria da Apema, a empresa deve e continuará com os seus projetos de expansão, mesmo com as informações voláteis a respeito da pandemia. Porque a Apema está focada em seu futuro e sua missão, de ser reconhecida como “A Marca do Trocador de Calor”.

Uma empresa sólida, há mais de 55 anos desempenhando sua missão, com excelentes capacidades técnica, produtiva e qualidade, que acredita em seu enorme potencial e quer desenvolvimento para todos os seus Clientes, Fornecedores e Colaboradores.

Apema Equipamentos Industriais Ltda
Rua Tiradentes, 2356, São Bernardo do Campo – SP.
CEP 09781-220
Para maiores informações:
Gerente Comercial
Telefone (11) 4128 2577
[email protected]
www.apema.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios