O que é energia eólica?

Várias regiões do Brasil são favoráveis para a instalação de parques voltados à produção de energia eólica. Apesar do alto investimento oferece excelente retorno de economia e contempla a sustentabilidade

Quem pensa em investir nas fontes de energias renováveis, limpas e sustentáveis pode começar a pensar na energia eólica, sem esquecer o quanto de recursos será aplicado, a área de instalação do parque eólico e a localização no Brasil, que é a parte fundamental do negócio.

Sim, são vários fatores para se levar em consideração, e as explicações iniciam com o básico: energia eólica vem da força dos ventos, transformada em força mecânica, que movimenta os aerogeradores (turbinas eólicas), e convertida em eletricidade por meio de um gerador de energia. 

Os ventos são produzidos quando as massas de ar perto do solo ou em regiões ensolaradas esquentam e, devido à diferença na temperatura e pressão atmosférica, trocam de lugar com as massas de ar frio que estão próximas, causando o deslocamento do ar. Isso significa também que a energia eólica vem da energia solar, uma vez que o calor do sol  aquece as massas de ar e provoca os ventos.

Essa é uma das tecnologias para geração de energia renovável. Porém, a quantidade a ser produzida vai depender da intensidade e permanência dos ventos, além do tamanho da turbina eólica e da área coberta pela rotação das hélices. No Brasil, os aerogeradores trabalham em baixa velocidade, reduzindo ruídos por conta do giro das pás e beneficiando o meio ambiente porque diminui a mortalidade de aves que costumam voar pela região.

Melhores locais para investimento no setor: O relevo pouco acidentado e com ventos favoráveis são parte das regiões costeiras e por isso mesmo consideradas as melhores localizações para construção de parques eólicos. Ainda assim a seleção de locais ideais se resume em quatro: Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul.

Energias renováveis ganham força na matriz energética com avanços regulatórios ©QD Foto: iStockPhoto
energia eólica

Brasil é uma potência em energia eólica

 

Um estudo da Associação Brasileira de Energia Eólica mostra o desenvolvimento do Brasil com a participação da energia eólica, sendo o Nordeste um dos destaques, com o PIB (Produto Interno Bruto) aumentando significativamente nas cidades onde houve instalação de parque eólico. algo em torno de 21%. Desde 2021, o país está em 6º lugar no ranking mundial sobre capacidade instalada de energia eólica.

– De 2011 a 2020, o setor eólico teve investimento de US$ 35,8 bilhões

– Economia recebeu injeção de R$ 321 bilhões

– Sendo R$ 110,5 bilhões investidos na construção de parques eólicos 

– Em cada megawatt instalado, são criados 10,7 empregos 

– De 2011 a 2020, foram gerados quase 190 mil empregos

– Dos 890 parques no Brasil, 130 foram pelo BNDES, totalizando 18.654 MW 

– Os financiamentos concedidos pelo banco somaram R$ 52,170 bilhões

– As empresas no período R$ 94,4 bilhões 

 

Dúvidas? Veja:

Vantagens:

– não emite poluentes sobre a atmosfera

– fonte de energia barata 

– energia renovável (inesgotável)

 

Desvantagens: 

– poluição sonora e visual com aerogeradores

– falta constância de vento compromete geração de energia elétrica

– pode alterar a migração das aves e causar acidentes com os animais

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios