Museu da Energia de São Paulo inaugura exposição sobre a história da energia em 150 anos

O tema "Energia e Transformação" explora as mudanças causadas pela energia nas cidades e na cidade de São Paulo

O Museu da Energia de São Paulo inaugura uma nova exposição de longa duração, intitulada “Energia e Transformação”, que mergulha na fascinante história e evolução da energia ao longo de 150 anos. A exposição, inaugurada em 9 de dezembro às 12h, redesenha todas as salas expositivas, oferecendo aos visitantes uma jornada envolvente pelas transformações impulsionadas pela energia na capital paulista.

“Energia e Transformação” explora as mudanças provocadas pela energia nas cidades e na própria São Paulo, destacando diversos temas científicos, desde as diferentes fontes e processos até as alternativas e tendências futuras do setor. A exposição não apenas apresenta um panorama histórico abrangente, mas também incita à reflexão sobre o uso responsável dos recursos naturais, especialmente água, e as interconexões entre sociedade, energia e meio ambiente.

A mostra, aberta de terça a sábado, das 10h às 17h, recebeu suporte do Programa de Ação Cultural (ProAC) do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas.

A curadoria meticulosa incorpora imagens de época e objetos museológicos, como instrumentos utilizados na instalação dos primeiros postes de transmissão de energia em 1901 e um traje dos anos 1920 usado por mergulhadores na manutenção de estruturas hidroenergéticas no Rio Pinheiros. Esses elementos fazem parte do vasto acervo histórico da Fundação Energia e Saneamento, um dos maiores do Brasil.

Rita Martins, diretora executiva da Fundação Energia e Saneamento, destaca que a exposição proporciona uma reflexão sobre o território central de São Paulo e a gestão passada, presente e futura de energia e água. A exposição busca despertar no público uma compreensão das transformações urbanas do passado e como elas podem informar o planejamento futuro.

A experiência de visita inclui uma inovação no piso térreo, com “As Memórias do Casarão”, que revela os diversos usos do imóvel ao longo do tempo. Nos andares superiores, a exposição abrange o uso da água e energia na transformação urbana da capital e da Grande São Paulo desde o século 19 até os dias atuais.

A exposição traça a evolução desde os tempos do lampião a gás até as mudanças provocadas pela eletricidade e transporte elétrico a bondes na virada do século 19 para o século 20. O percurso continua, explorando a expansão urbana, projetos que alteraram o curso natural do Rio Pinheiros e a construção de grandes hidrelétricas a partir dos anos 1950.

A jornada culmina na transição entre história e ciência, destacando a diversidade dos responsáveis pelos avanços científicos e abordando de maneira lúdica e didática os diversos tipos e processos de geração de energia. Espaços instagramáveis complementam a exposição, permitindo que o público interaja e capture momentos que remetem às ruas de São Paulo do século 19 ou ao controle de um bonde elétrico nos anos 1910.

“Energia e Transformação” é fruto do edital do Governo do Estado de São Paulo, no âmbito do Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, na modalidade Museus e Acervos/Realização de Exposições em Instituições Museológicas (ProAC 37/2022).

 Museu da Energia de São Paulo

Museu da Energia de São Paulo (Créditos: Gustavo Morita)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios