Artigos Técnicos

Entidade mundial apoia operações offshore

Marcelo Fairbanks
20 de fevereiro de 2013
    -(reset)+

    Mergulho – A IMCA promove a atuação segura no setor de mergulho offshore. O trabalho cobre todos os aspectos dos equipamentos de mergulho, operações e pessoal relacionado a essas atividades. As décadas de experiência acumulada dos membros da IMCA ao redor do mundo foram agregadas em um conjunto extensivo de orientações para aprimorar operações seguras e eficientes em escala global.

    A IMCA trabalha com uma pletora de organizações regulatórias para ajudar a compartilhar a experiência dos nossos membros, contribuindo para desenvolver normas e orientações adequadas, bem como facilitar a futura troca de experiências em boas práticas e informações de segurança na indústria.

    O Código Internacional de Práticas em Mergulho Offshore da entidade (IMCA D 014) relaciona os pontos-chaves de orientação da divisão, oferecendo base segura para operações mundiais, em especial para locais desprovidos de regulamentações nacionais. O código foi adotado por companhias com atuação mundial, referendadas pelos clientes, implementadas pelos operadores e consideradas referência para reguladores e outras autoridades.

    Dispor de um conjunto completo de equipamentos, adequadamente conservados, é essencial para garantir a segurança de uma operação de mergulho offshore. Oferecemos orientações sobre os equipamentos necessários, a maneira como eles devem ser inspecionados, testados, consertados e usados, e um complemento com dados e documentação de auditorias sobre todo e qualquer tipo de sistema de mergulho aplicado no setor offshore.

    Tendo o equipamento, é preciso observar quem vai usá-lo. A segurança e o resultado das operações dependem de um time de indivíduos completamente treinados e dotados das habilidades requeridas para assumir cada aspecto crítico de segurança. A IMCA publica vários documentos de orientação e comanda várias iniciativas para apoiar os prestadores de serviços de mergulho, tornando-os capazes de recrutar, treinar e reter o pessoal habilitado.

    Auditoria e inspeção de embarcações – No passado, clientes efetivos e potenciais requisitavam auditorias das embarcações que pretendiam contratar. Essa medida consumia muito tempo e dinheiro simultaneamente, e muitos operadores lutavam com as demandas que se apresentavam. O Documento de Inspeção Marinha Comum da IMCA (Common Marine Inspection Document – CMID) pretende reduzir o número de auditorias realizadas em cada embarcação mediante a adoção de um padrão comum de verificação em toda a indústria offshore.

    Uma terceira parte competente e independente deve completar a auditoria, permitindo aos clientes considerar esses resultados em vez de requerer novas inspeções completas. Como um corpo normativo “vivo”, o CMID poderá ser mantido atualizado a bordo, a fim de reduzir o tempo de inspeção. O CMID é regularmente revisado e atualizado com base nos desenvolvimentos regulatórios e técnicos. O volume oito foi preparado por um grupo multi-industrial por meio de sugestões e indicações de empreiteiros (operadores de embarcações), locadores (companhias petroleiras, por meio da sua associação OGP), consultores e outras partes interessadas, durante workshops dedicados. O documento vem sendo completamente revisto e reescrito, adquirindo estrutura clara, incorporando atualizações para refletir avanços tecnológicos, operacionais e regulatórios. Orientações adicionais são prestadas sobre a competência dos inspetores.

    O banco de dados do CMID facilita o compartilhamento de relatórios completos de CMID entre operadores e clientes, com um aplicativo e-CMID disponível para inspetores para que completem e carreguem seus informes em um formato comum. O registro está aberto gratuitamente para essas organizações que operam embarcações offshore, seus clientes e inspetores, sejam ou não membros da IMCA. O site www.imcacmid.com contém informações adicionais e registro on-line. Boletins periódicos do CMID mantêm os usuários permanentemente a par dos desenvolvimentos.

    Guindastes e içamentos – Içamentos fazem parte de quase todas as operações offshore e submarinas. As orientações da IMCA ajudam a manter seguras as operações em todos os seus aspectos: planejamento dos trabalhos, especificação dos equipamentos e sua manutenção, comunicações, competências dos profissionais e promoção de práticas de segurança por todo o pessoal.

    Na prestação de serviços marítimos, essas atividades englobam desde içamentos de instalações e sobressalentes até movimentações pesadas e complexas, com mais de 200 operações diferentes de içamento que podem ser efetuadas em um único navio. Cada uma delas traz a possibilidade de ferimentos aos profissionais e danos aos equipamentos, mas, com planejamento adequado, os perigos podem ser identificados e os riscos reduzidos ou eliminados.

    A IMCA publica uma ampla gama de orientações para ajudar seus membros a efetuar essas operações da forma mais segura e eficiente. A Divisão Marítima coordena esses esforços, compartilhados com todos os membros da IMCA e publicações associadas. A entidade também trabalha com um grande número de terceiras partes para a troca de experiências e para contribuir com iniciativas de maior alcance.

    Guidelines for Lifting Operations (IMCA M 187, disponível em inglês, português e espanhol) é o nosso documento mais destacado no campo dos içamentos, indicando procedimentos e critérios básicos para mostrar os componentes essenciais que devem ser incluídos nas práticas das companhias para operações de içamento e para oferecer conselhos sobre as etapas do processo que promovem segurança.



    Recomendamos também:








    2 Comentários


    1. El trabajo parece enorme de acuerdo a la publicación espero que le sirva a brasil y sus personas que ahi habitan seria bueno seguir disfrutando de las playas de brasil sin contaminación, por lo que espero que sus operaciones sean seguras saludos


    2. Carlos Eduardo

      Preocupante o atual nivel de investimento da petrobrás, nada de refino, exploração parada e o buraco aumentando, uma pena, só mesmo um converno incapaz consegue tamanha façanha.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *