Energia solar tem marca histórica em Minas Gerais

O Governo do Estado comemora o marco, com mais empregos verdes e negócios sustentáveis

Energia solar tem marca histórica em Minas Gerais. Dia 29/05 é o Dia Mundial da Energia e Minas Gerais celebra a data com a marca histórica de mais de 2 GW em operação da fonte solar. O estado também comemora os avanços na inovação necessária para a descarbonização.

Minas é o primeiro estado na América Latina a aderir ao Race to Zero, campanha global que tem o objetivo de, junto com outros líderes, alcançar emissões líquidas zero de gases de efeito estufa até 2050.  As ações têm como resultado a atração de negócios sustentáveis e a criação de empregos verdes. A Race to Zero é uma campanha global que busca reunir uma comunidade diversa de representantes das mais diversas áreas da sociedade, em prol de um mesmo objetivo: um futuro saudável, resiliente e com zero emissão de carbono, que evite ameaças futuras, crie empregos decentes e desbloqueie um crescimento inclusivo

Energia solar tem marca histórica em Minas Gerais

“A capacidade instalada de energia solar reforça o potencial de Minas Gerais em liderar a produção de energia solar no país, representando mais de 18% da produção nacional. A geração de mais de 2 gigawatts é uma conquista do Governo, por meio do planejamento estratégico do projeto Sol de Minas”, afirma o  secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

A energia solar no Brasil vem aumentando nos últimos tempos. Existem diversos benefícios econômicos e ambientais que incentivam o crescimento desta fonte de energia renovável.  No Brasil representa apenas 1,7% de toda a matriz energética, porém, o número de sistemas fotovoltaicos instalados no território brasileiro tem crescido consideravelmente, principalmente, nas regiões Sul e Sudeste do país.

O Brasil possui uma vantagem por conta do extenso potencial energético a partir da energia solar, tendo em vista que os níveis de incidência solar são superiores aos de países que desenvolvem projetos fotovoltaicos com mais frequência, como Alemanha, França e Espanha. Portanto, a geração de energia fotovoltaica precisa ser amplamente explorada no país, já que possui os estímulos fundamentais para isso.

Estima-se que, em 2024, o território brasileiro contará com, aproximadamente, 887 mil sistemas de energia solar conectados à rede instalados, estabelecendo uma maior economia em relação às distribuidoras convencionais, além da manutenção e preservação ambiental do País.

www.petroleoenergia.com.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios