Energia Eólica: como ela se transforma em eletricidade?

A energia eólica é uma das alternativas de energia limpa mais promissoras em todo o mundo. Obter energia através do vento é uma aposta sustentável e de valor para o futuro

A energia eólica tem se mostrado essencial para a descarbonização e o combate contra as mudanças climáticas. O aproveitamento do vento exige a instalação de parques eólicos, sejam em terra ou alto mar, com dezenas de aerogeradores.

Mas quando a gente fala em energia produzida através do vento, temos certeza que milhares de dúvidas surgem do outro lado. O processo de extração do vento é realizado principalmente graças ao rotor (que transforma a energia cinética em energia mecânica) e ao gerador (que transforma dita energia mecânica em elétrica). Estamos falando de uma energia renovável, eficiente, madura e segura, fundamental para a transição energética e a descarbonização da economia.

Como funciona a energia eólica

 

A energia eólica é produzida quando o aquecimento das camadas de ar cria uma variação de gradientes de pressão nas massas de ar. A turbina eólica transforma a energia cinética em energia mecânica por meio do movimento de rotação de pás e, através de um gerador, há geração de energia elétrica. Essa turbina é composta por:

 

  • Anemômetro: equipamento que mede a intensidade e a velocidade do vento. Funciona em média de dez em dez minutos;

 

  • Biruta: um sensor de direção que capta a direção do vento. A direção do vento deve sempre estar perpendicular à torre para o maior aproveitamento;

 

  • Pás: muito características nas imagens quando o assunto é a energia eólica. As pás captam o vento, convertendo sua potência ao centro do rotor;
  • Gerador: item que converte a energia mecânica do eixo em energia elétrica;

 

  • Mecanismos de controle: tecnologia que adequa a potência nominal à velocidade do vento que ocorre com mais frequência durante um período determinado;

 

  • Caixa de transmissão: responsável por transmitir a energia mecânica do eixo do rotor ao eixo do gerador;

 

  • Rotor: conjunto que é conectado a um eixo que transmite a rotação das pás para o gerador;

 

  • Torre: elemento que sustenta o rotor e a nacele na altura apropriada ao funcionamento. A torre é um item de alto custo para o sistema.

 

Transmissão da Energia Eólica

Os cabos de força transportam essa energia do topo da torre à Rede de Média Tensão, no solo. Por esta rede, ela chega à Subestação Coletora, que eleva sua tensão para poder percorrer grandes distâncias pelas linhas de transmissão até as cidades. Dali, ela parte para as distribuidoras locais, que diminuem a tensão a níveis médios.

Com a voltagem equilibrada, a energia elétrica segue seu caminho pela rede de distribuição e os fios instalados nos postes levam a energia até as residências.

energia eólica: a energia dos ventos

Vantagens da Energia Eólica

– É inesgotável;

– Não emite gases poluentes nem gera resíduos;

– Diminui a emissão de gases de efeito de estufa (GEE).

Desvantagens da energia eólica

  • A intermitência, ou seja, nem sempre o vento sopra em quantidade necessária;
  • Provoca um impacto visual considerável, principalmente para os moradores em redor, a instalação dos parques eólicos gera uma grande modificação da paisagem;
  • Impacto sobre as aves do local: principalmente pelo choque destas nas pás;
  • Impacto sonoro: o som do vento bate nas pás produzindo um ruído constante (43 dB (A)). As habitações ou zonas residenciais mais próximas deverão estar, no mínimo a 200 metros de distância.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios