Cerca de 85% da energia elétrica brasileira vem de fontes renováveis

Houve um aumento das fontes renováveis de energia (eólica, solar e biomassa) e uma redução do uso de fontes fósseis para a geração termelétrica

Segundo dados do Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2021, do Ministério de Minas e Energia e de dados mais atuais de 2022 das associações das empresas, a maior parte da fontes renováveis de energia produzida no Brasil é hídrica produzida em usinas hidrelétricas. E os maiores aumentos foram observados na participação das fontes eólica e solar nos últimos anos.

Houve um aumento dos meios renováveis (eólica, solar e biomassa) e uma redução do uso de fontes fósseis para a geração termelétrica.

Dentre as energias limpas de fontes renováveis estão as usinas hidrelétricas que correspondem a 51,3% da participação com cerca de 109.400 gigawatts (GW).

As maiores usinas hidrelétricas do Brasil são a Itaipu Binacional com capacidade de 14.000 GW (7.000 MW destinados ao Brasil e 7.000 MW destinados ao Paraguai), a usina Belo Monte 11.2 MW e Tucuruí 8.5 MW.

Doze estados possuem a hidráulica como sua principal fonte de energia, incluído o Distrito Federal (com a capital federal Brasília) e a maior cidade do país – São Paulo. Maiores porções do norte a sul do país. Mas os maiores produtores desta fonte são o Pará com mais de 22.3 GW e Paraná 15.5 GW.

A fonte eólica tem a segunda maior participação. Produzida pelo vento, representa hoje cerca de 12% da matriz elétrica brasileira (23,7 GW). Um crescimento de 12,6% no comparativo anual.

Os maiores parques eólicos estão concentrados no nordeste do país. Os nove estados com parques eólicos são: Rio Grande do Norte com mais de 6.7 MW, Bahia (6.0 MW), Ceará (2.5 MW), Piauí (2.4 MW), Rio Grande do Sul (1.8 MW), Pernambuco (900 MW), Paraíba (628 MW), Maranhão (426 MW) e Santa Catarina (250 MW).

Para comparativo da grandeza entre as fontes. Somente o Rio Grande do Norte, Bahia e Ceará juntos possuem 15.5 GW de potência eólica, superior a usina hidrelétrica de Itaipú (14.0 GW).

A terceira maior é a fonte solar fotovoltaica. Representa cerca de 11.5% da participação com pouco mais de 22,0 GW. A produção solar centralizada teve o maior aumento 64,3% na comparação com o ano anterior.

Fontes renováveis de energia

Os parques solares de grande porte estão concentrados em sua maioria no nordeste do país. Os principais estados produtores de energia solar em 2022 foram: Bahia, com 1.354 MW com 44 parques, Piauí (1.205 MW e 33 parques), Minas Gerais (730 MW, 37 parques), São Paulo 588 MW, 35 parques, Ceará 500 MW, 21 parques, Pernambuco, 315 MW, 21 parques e Rio Grande do Norte 261 MW, 15 parques, dentre outros.

A fonte a gás natural é a quarta maior da matriz energética, produzem cerca de 17.0 GW com pouco mais de 8% da participação. Os estados do Amazonas, Sergipe e Maranhão possuem o gás natural em suas termelétricas como a principal fonte de energia.

O gás natural é considerado uma fonte de energia limpa, produz baixo impacto ambiental, embora não seja uma fonte renovável. Substitui outros combustíveis mais poluentes, como óleos combustíveis, lenha e carvão.

A fonte de biomassa é a quinta maior e produz cerca de 17 MW com pouco mais de 7%. O estado do Mato Grosso do Sul é o único a utilizar como principal fonte de energia em suas termelétricas renováveis.

O petróleo e seus derivados como fonte de energia não renovável é utilizado em termelétricas, a exemplo é a fonte a base de óleo diesel. O óleo diesel tem uma participação de 4% e é a principal fonte em quatro estados: Acre, Roraima, Paraíba e Pernambuco.

O carvão mineral possui um participação de 1.7% no país, por ser considerado o combustível fóssil mais poluente do mundo e não renovável. É ainda utilizado como principal fonte nas usinas do Rio de Janeiro e no Espírito Santo.

A nuclear possui uma participado pífia de 0.9%. São exemplos de fontes não renováveis de energia: petróleo, carvão mineral, gás natural e nuclear.

O Brasil ocupa posição de destaque no cenário mundial por possuir uma das matrizes elétricas mais limpas do mundo, com 85% de fontes renováveis, contra uma média de 28% do restante do mundo.

Países líderes em capacidade instalada de energia renovável em gigawatts em todo o mundo são China 1,020 GW, EUA 325 GW, Brasil 185 GW, Alemanha 138 GW e Japão 112 GW.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios