Brasil Offshore: Vitrine do setor exibiu novidades

KLÜBER LUBRICATION

BR-OFF-Kluber_Lubrication_MarceloSilva , Petróleo & Energia ©QD Foto: DivulgaçãoEstreante na Brasil Offshore, a Klüber Lubrication (Grupo Freu­denberg) também decidiu apostar na feira de Macaé. “Com a nossa participação na Rio Oil&Gas de 2012, a necessidade de participar da Brasil Offshore ficou muito clara”, afirmou Marcelo Cavalcanti da Silva, gerente de mercado de engenharia de aplicação e marketing da Klüber. A empresa atua no Brasil há mais de 40 anos, fornecendo soluções em lubrificação de equipamentos para atividades industriais, como correntes, engrenagens, barramentos, contatos elétricos, rolamentos, válvulas, sistemas pneumáticos e hidráulicos.

Segundo Cavalcanti, o foco foi direcionado para duas aplicações principais: lubrificantes sintéticos de alto desempenho para compressores de gás e lubrificantes biodegradáveis e as soluções para embarcações offshore, tais como AHTS (Anchor Handling Tug Supply), FPSO, entre outros, com homologações nos principais fabricantes de equipamentos (OEMs).

LAPP GROUP

BROFF-LAPP_JuanChaparro , Petróleo & Energia ©QD Foto: DivulgaçãoUm dos maiores fabricantes mundiais de conexões e cabos especiais, a Lapp Group Brasil apresentou os novos cabos para instrumentação e controle navais, com aplicação também em unidades petrolíferas. Os produtos apresentam alta resistência à oxidação, umidade, trepidações, fadigas e temperaturas elevadas, agregando algumas características jamais reunidas em outros cabos. De acordo com Juan Jose Chaparro Schmiel, diretor da Lapp Brasil, os cabos são fabricados pela empresa italiana Camuna Cavi, pertencente ao Grupo Lapp, e estão em conformidade com as certificações DNV (Det Norske Veritas, da Noruega) e Rina (Royal Institution of Naval Architects, da Inglaterra), algumas das mais rigorosas exigências da indústria naval no mundo, além de acompanhar as normas especificadas para o mercado italiano.

“Juntamente com estas certificações e normas internacionais, nossos cabos para a indústria naval e de petróleo também estão em conformidade com o CRCC (Certificado de Registro e Classificação Cadastral, da Petrobras)”, acrescentou o diretor. Segundo o executivo, além de desenvolver os produtos de acordo com as exigências da indústria, a empresa é reconhecida por oferecer suporte técnico para o projeto de aplicação até o acompanhamento de pós-vendas. “O próximo passo para continuar oferecendo um suporte de qualidade e eficiência, apoiando o desenvolvimento industrial brasileiro, será colocar uma fábrica no Brasil nos próximos meses”, anunciou Chaparro.

LUVAS YELING

BR-OFF-Yeling_Fernanda-Maria-Santos , Petróleo & Energia ©QD Foto: DivulgaçãoVitrine para produtos de todos os tipos e portes, a Brasil Offshore teve a participação da empresa curitibana Luvas Yeling, a maior fabricante de luvas tricotadas do Brasil, que em 32 anos de atividades se especializou no segmento e hoje é homologada como distribuidora oficial de luvas, mangas e aventais da HexArmor. A empresa aproveitou a feira para mostrar os lançamentos dessa parceira americana, voltados para o setor de óleo e gás. “Estes produtos possuem tecnologia Superfabric, que transforma tecidos comuns em outros altamente resistentes a cortes e perfurações”, salientou Fernanda Maria Santos, gestora de marketing da Luvas Yeling.

Segundo ela, as cores dos produtos são bem vibrantes, por isso chamaram muito a atenção do público. “Também fizemos demonstração de resistência a cortes com estiletes e as pessoas não acreditavam que as luvas não sofriam qualquer dano”, disse a gestora. “Se tivéssemos produtos para vender no estande, teríamos acabado com todo o estoque.”

NORGREN

Outra empresa da área de automação, a Norgren levou para a Brasil Offshore uma de suas soluções de ponta, que busca assegurar maior eficiência operacional: um sistema manifold de válvula redundante (RVM) para solucionar problemas de disponibilidade, segurança e precisão de processos e sistemas das indústrias no setor de energia.

Trata-se de um bloco homologado, de alumínio ou de aço inoxidável, com unidades modulares compactas, capaz de realizar as funções de redundância em uma concepção integrada, sem necessidade de interromper a operação. Com isso, a solução oferece maior confiabilidade no processo offshore e onshore de petróleo, gás, plantas químicas e estações de energia, e também em quaisquer aplicações nas quais as interrupções não programadas não são permitidas ou a necessidade do fechamento do sistema requer precisão e segurança.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios